Livrai-me de tudo aquilo que for vazio de amor.


(Source: liv1ngdre4ms, via truefeel)


10455

Minha avó tinha uma ilha. Nada pra se vangloriar, dava-se uma volta nela em uma hora, mas ainda assim era um paraíso para nós. Então lhe fizemos uma visita e descobrimos que o lugar estava infestado de ratos - chegaram num barco de pesca e passaram a se alimentar de coco. Como se elimina os ratos de uma ilha? Hum? Minha avó me ensinou: enterramos um barril e deixamos ele aberto, depois colocamos um coco como isca. Aí os ratos vão em busca do coco… E então eles caem no barril. Depois de um mês, prendemos todos os ratos. Mas o que fazemos depois? Jogamos o barril no oceano? Queimamos ele? Não. Deixamos ele ali. Os ratos começavam a sentir fome e um a um, começam a se devorar. Até que só restam dois: dois sobreviventes. E depois disso, matamos eles? Não. Pegamos eles e os soltamos nas árvores. Mas agora eles não comem mais coco. Agora eles só comem rato. "


— 007 - Operação Skyfall (via realidade-paralela)

(via realidade-paralela)



255

A verdade é que eu morro de medo. Todos os dias quando acordo feito alma em lembrete, meu peito dói. A cada amanhecer e anoitecer meu coração se aperta de temor. Tenho medo, eu grito, e um eco desavisado retumba em minhas entranhas. Medo. De perder o ritmo da vida, de não ser o suficiente, de mim. O gosto ácido que retrai minha garganta é medo, e a dor penetrante nos meus ossos também. Medo de errar, de falhar com outros e ainda pior, comigo mesmo. Medo de me tornar o que eu tanto odeio, de desistir porque me sinto fraca, de parar de caminhar porque meus pés doem e a dificuldade me racha ao meio. Há medo evaporando minha pele, desfazendo minhas células, corroendo meus órgãos. Tenho medo! Medo de temer e não suportar. De ser pouco ou ser o excesso incabível. Medo de me entregar, de ser vulnerável quando a vida me obriga a ser forte. Tenho medo de perder a mim mesma, e tenho mais medo ainda de me encontrar. Porque lá no fundo eu sei, que quando o céu cai e as estrelas me cobrem, eu vomito medo, e engulo esperança. "


Elise também ama, 1974. (via extinta)

(Source: voeidemim, via relevou)



95

melavldz:

quote l via Tumblr en We Heart It.


1

melavldz:

hard to love | via Tumblr en We Heart It.


197





Página 1 de 1905 1 2 3 4 5 6 »